Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Receber visitas

por o que procuro, em 05.02.13

Uma amiga húngara, também a viver cá, recebeu a visita de familiares durante esta semana e hoje comentava comigo que receber visitas tem sempre o reverso da medalha, o trabalho que dá e os gastos extras.

 

Confirmei que realmente é um prazer receber visitas em nossa casa, principalmente agora que estamos a três mil quilómetros de distância de familiares e amigos, que sim é trabalho acrescido programar e fazer refeições para mais pessoas, além de lhes dar a conhecer o local onde vivemos, caminhos novos para eles e mais do que percorridos por nós, quanto às despesas, apelo sempre ao bom senso.

 

O ano passado, está quase a fazer um ano, recebi quatro pessoas em casa, mais o número normal do meu agregado familiar eramos sete pessoas a cada refeição e dividimos as despesas sempre, claro que há coisas que já temos em casa e não é um bolo que se faz, ou uns queques para se levar para o lanche que terá de ser somado, mas o grosso de compras necessárias para as refeições principais foi dividido.

 

A conjuntura europeia que se vive actualmente, não permite grandes extravagâncias e nós apesar de vivermos no Reino Unido, o dinheiro não nasce nas árvores e fazemos sacrifícios como qualquer família a residir em Portugal, além de que seria muito injusto, para nós que recebemos, temos que arquear com tudo.

 

Nada disto se compara a um jantar em casa de alguém quando vivíamos todos na mesma cidade ou mesmo se fossemos passar um fim-de-semana a casa dos pais de uns de nós.

Mas, já aconteceu várias vezes irmos de férias em grupo e sempre dividimos as despesas todas, faz parte da amizade e da justiça de se viver em conjunto durante determinado tempo, sendo familiares ou só amigos.

 

É assim que por aqui funcionamos, claro que apesar de dividirmos despesas são gastos acrescido, mas são repartidos entre todos e não pesam a ninguém.

Recebo com gosto quem me quiser vir visitar, estas são as premissas com as quais nos regemos, se são ou não do agrado de todos, não sei, mas até aqui nunca ninguém deixou de vir por causa disso!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:06


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D