Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



"As conversas são como as cerejas"

por o que procuro, em 09.03.09

Este fim de semana, num jantar com amigos, a conversa rodou acerca de um assunto, que para mim é neste momento de suma importância: as crianças e o que fazemos delas!

 

Houve relatos de tudo, desde o conhecimento de abusos sexuais, em que a progenitora preparava a cria para ser abusada pelo padrasto, "deixando-a a ela em paz e descanso", progenitores que acordam os filhos (7/8 anos) a meio da noite para ver a playboy, estas e outras situações reportadas sem grande sucesso, que caiem no esquecimento, ou acabam em tribunal, com as famosas "penas suspensas" a que já estamos habituados, nesta amostra de pais.

 

Até coisas mais rotineiras, como a transmissão de valores e princípios, ou da própria maneira de ser dos pais, que quer queiramos, quer não, se transmite em pequenos gestos do quotidiano, em palavras ditas, em gestos concretizados e que vão, aos poucos moldando os nossos filhos. Estas pequenas "partes de nós" acrescidas à personalidade própria da criança, nem sempre resultam num conjunto homogéneo e equilibrado, acabando por vezes, por os transformar em seres problemáticos, com angúsitas, comportamentos desviantes e desestruturados.

 

Sei que ninguém é perfeito, nem nasce ensinado nesta tarefa de educar, ou melhor, ser pai/mãe nos dias que correm.

Resta-nos, apesar da angústia e da inexperiência, a certeza de não queremos repetir os mesmos erros dos nossos pais, estarmos alerta para as circunstâncias que nos rodeiam, ter disponibilidade para ver crescer os nossos filhos, mas acima de tudo, saber reconhecer as situações que não conseguimos resolver ou com as quais já não conseguimos lidar e procurar ajuda profissional para aprender a lidar com elas...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 15:57


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D