Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A nossa cegueira

por o que procuro, em 17.11.08

Ao fim de não sei quanto tempo (a última vez foi para ver o Ratatouille - shame on me ,) voltei a uma sala de cinema, desta feita o destino era ver o "Ensaio sobre a Cegueira", baseado na obra do Saramago, com o mesmo nome...

 

Nos meus tempos áureos de leitura, devorei o livro, aliás, li-o duas vezes, marcou-me imenso, o pensar que o cenário apesar de imaginário, não é impossível, o saber que decididamente, o pior do comportamento humano se iria revelar, daquela ou de outra forma qualquer, a degradação, a desumanidade, a falta de suporte e de estruturas e o total abandono à nossa sorte, são circunstâncias certas, perante uma catástrofe qualquer, seja num país imaginário ou num país real!

 

Mas devo dizer que o filme me chocou, ver trasnposto em imagens, a essência do livro, de forma brutal, crua e dolorosa, não é fácil... Um livro fecha-se momentâneamente, faz-se outra coisa, esquece-se até termos coragem  ou vontade de o voltar a abrir, um filme numa sala de cinema, não, as imagens saltam em catadupa da tela, envolvem-nos, massacram-nos, mostram-nos como foi, será ou é a realidade e não temos por onde fugir (só saindo da sala, como algumas pessoas fizeram....)

 

Mas vale a pena, porque apesar de tudo, pouco somos aqueles que reconhecemos a nossa fragilidade, neste mundo global, com supostas estruturas para arquear com tudo e que saberia lidar com uma epidemia daquelas ou qualquer outra espécie, verificamos que talvez não seja bem assim.

 

E tomamos consciência de que, neste gigantesco universo, nesta enorme estrutura onde nos inserimos, não passamos de simples "gotas de água" que depressa se deixarão engolir pela catástrofe, ou pela simples crise, que já se aprensenta no alvorecer...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:22


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D