Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Início das aulas

por o que procuro, em 17.09.13

Pequeno Simão já começou a semana passada a frequentar a escola das 8h50 ao meio-dia, esta semana já a tempo inteiro das 8h50 às 15h, fazendo uma refeição na escola. De frisar que ele tem quatro anos de idade.

 

Ontem, teve aula de educação física, sendo que teve de despir o uniforme e vestir o equipamento necessário (calções, t-shirt e uns ténis de pano).

Quando chegámos a casa e ele se mudou de roupa reparei que  a única coisa que estava bem, era a gravata e a camisa, coisas que ele não consegue vestir sozinho, pelo que precisou de ajuda para tal, o resto, ou estava do avesso, ou de trás para a frente, como as calças, sim...as calças de trás para a frente!

 

Ele leva a lancheira com o almoço, hoje fiz uns enrolados de massa filó, com carne e vegetais lá dentro, chegou a casa com metade do enrolado na lancheira, completamente atirado lá para dentro, só ele poderia ter feito aquilo, juntamente com o guardanapo. Traz a boca com uma mancha avermelhada a toda a volta, fruto de algum molho que o enrolado tinha...Sinal de que nem a boca lavou ou limpou no final de refeição.

 

Reconheço que são apenas três pessoas adultas na sala, entre professora e auxiliares e que tudo o que fuja à rotina da sala de aula, como o vestir e despir equipamento ou a hora da refeição devem ser momentos complicados e que o meu filho dificilmente pedirá ajuda para fazer o que quer que seja, nem tem iniciativa para determinados comportamentos como seja lavar as mãos e a boca no final de uma refeição, a não ser que seja solicitado veementemente para tal.

 

Fico sempre contrita quando me deparo com estas coisas, como se o meu pequeno filho (mãe galinha a falar) fosse entregue na selva e não tivesse instrumentos, nem meios para se desenvencilhar por lá.

Na realidade ainda não tem e há muito caminho a percorrer e muitas directrizes a dar-lhe, até que ele esteja não só integrado, mas com um comportamento mais cívico e polido, contudo sinto algum desamparo no outro lado, neste tipo de situações...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:39


1 comentário

Imagem de perfil

De V. a 18.09.2013 às 08:58

Essas situações custam muito, mas daqui a pouco tempo, sem se aperceber e muito de repente o Simão já vai ser capaz de tratar de si próprio, os miúdos têm essa capacidade fantástica de nos surpreender e de serem tão mais resilientes do que imaginamos... força, pelo menos o meu apoio moral tem :)

Sigo o seu blog afincadamente, gosto muito de ler o que escreve. Já fui emigrante em Inglaterra e sei que é difícil, mas também é possível construir um lar nessa terra tão diferente da nossa, há dias melhores e dias piores, mas o seu Portugal estará sempre aqui para que possa cá dar um saltinho de vez em quando e esses saltinhos vão saber-lhe tão bem :)

Admiro a sua coragem, força e resistência, é uma grande mulher ;)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D