Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Não fiquei indiferente ao ler esta notícia e merece um post.

 

Certo e sabido que as condições de vida em Portugal se estão a deteriorar diáriamente, contudo a crise que afecta o nosso país é transversal e de uma forma ou de outra acaba por se ressentir em quase todos os países, principalmente europeus. Podem até clamar que as pessoas às quais se reporta a reportagem não tinham conhecimento dessa realidade.

 

Posso até concordar com isso, agora não posso compreender que as pessoas embarquem numa aventura, sem terem a mínima consciência do que vão encontrar, ou melhor, do que estão a fazer! Há agências de recrutamento em Portugal com ofertas de trabalho no estrangeiro, há até portugueses emigrados que se deslocam a Portugal à procura de trabalhadores para trabalhar no estrangeiro.

Mesmo que a pessoa vá "à sorte" sem trabalho definido, não o faz com 20€ no bolso, é de uma insconsciência tremenda e expor-se à priori a problemas e necessidades!

 

Dir-me-ão que provavelmente só dispõem desse dinheiro, nesse caso, não saiem do país, procuram ajuda de instituições e organismos em Portugal, da família e dos amigos, não se emigra a contar que no dia a seguir à nossa chegada ao país escolhido, esteja um emprego com um vencimento de 3000€ à nossa espera.

 

Emigrar não é fácil, aliás, nunca foi, sou filha de pais emigrantes, dessa vaga de portugueses que sairam do país nos anos 60 e 70. Ainda hoje ouço o meu pai relatar que passou as fronteiras escondido, sem documentos legais, trabalhavam "à taxa" (só lhes era pago o correspondente ao trablho real realizado) e andou não sei quantos meses a poupar cá, para levar algum dinheiro no bolso, porque não sabia o que ia encontrar e se iria arranjar logo trabalho.

 

Algumas condições hoje mantém-se, não conheço a realidade londrina, porque moro numa cidade periférica, mas sei dizer-vos que são necessários entre 3.000€ a 5.000€ para arranjarem uma casa, mobilar com o mínimo indispensável, pagarem os impostos municipais, terem algum conforto, mais a alimentação, viagens e deslocações.

 

Nem toda a gente tem essa possibilidade, acredito, mas também foi por causa disso, que andámos cerca de 4 anos a tentar embarcar nesta aventura e quando o fizemos, foi com condições mínimas de segurança...

 

Desconheço o dia de amanhã, não sei por quanto tempo estaremos aqui, na certeza porém que quer a nossa vinda, quer o nosso regresso não se farão de ânimo leve.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 08:28


1 comentário

Sem imagem de perfil

De www.emigrar.info a 08.03.2012 às 12:14

Quer Emigrar? No Website http://www.emigrar.info, vai encontrar informaçao util para si. Empregos, viagens, documentos, habitaçao,etc.. Trabalhar no estrangeiro e emprego na suiça .Tudo que precisa saber antes de partir na nova etapa da vida.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D