Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O mundo e a mente

por o que procuro, em 16.06.11

Já lá vão 35 anos de vida, de cada vez maior e melhor observação, reflexão, de mim, dos outros, do mundo e neste crescimento, comecei a acreditar naquilo que não posso considerar uma teoria, mas apenas uma constatação.

 

Acredito que o nosso estado de espírito, a nossa mente, o nosso Eu interior, influência em muito, aquilo que somos, mas essencialmente aquilo que transmitimos e recebemos em troca, dos outros, do mundo, da vida. Dir-me-ão que são as nossas energias, que depois de transmitidas, reflectem na mesma medida, aquilo que as compõe, qual boomerang, que regressa sempre depois de lançado.

 

Não sei que nome atribuir a isto, a mente, talvez, que como possante transmissor, mesmo que muitas vezes fora do alcance da nossa consciência, reflecte o mais profundo de cada um, e a nossa envolvente, ao captar tudo isto, devolve-nos na mesma medida.

 

Seja esta constatação verdadeira ou falsa, em termos práticos como é que se traduz?

Simples, no meu dia-a-dia o meu sentir e estado de espírito vai influenciar tudo o que eu fizer e todos os que se relacionarem comigo, e mais, o ânimo, a vontade e tudo aquilo que eu puser naquilo que faço, vai definitivamente influenciar o resultado.

 

Sendo mais concreta, se me levanto de manhã, mas com uma vontade imensa de ficar na cama, à espera que o dia passe, na certeza de que não quero enfrentar o dia, nem a vida, posso ter a certeza que vai ser uma dia terrível. Se pelo contrário, me levanto com esperança daquilo que o dia será e abertura para aceitar esse dia, correrá certamente muito melhor.

 

Esta caminhada pela depressão fez-me entender e assimilar de uma forma pungente isto que vos acabo de descrever, se havia dias de choro, de estar enfiada na cama e pedir ao céu que desabasse, por muito que saísse deste registo, na vã tentativa de arranjar uma solução e uma saída para este problema, nunca a encontrei... No dia em que percebi que dependia de mim e que abri a porta que me leva ao mundo, comecei a ver resultados, são ténues, um mero reflexo de luz, mas está lá e isso é que importa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:00



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D