Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Dias árduos

por o que procuro, em 04.11.14

Ele há dias lá no trabalho que não lembram a ninguém, hoje foi o regresso às aulas de muitas crianças e julgo que consecutivamente dos pais aos respectivos empregos, talvez por isso, no restaurante entre as 11h30 e as 14h15 houve picos tão elevados de afluência, que mesmo com seis caixas registadoras a funcionar as filas de espera chegavam a meio do local.

 

A pressão é tanta para tentar despachar as pessoas, que por vezes há enganos, quer no registo do que trazem no tabuleiro, quer mesmo no pagamento e/ou troco.

E a sede que eu sinto?

Não há hipótese de se largar tudo para ir beber água, nem sequer pôr batom hidratante nos lábios.

É seguir com um sorriso e um "olá" a cada cliente e esperar que a afluência diminua para se fazer isso.

 

De loucos completamente!

Isto só serve a cada dia para me lembrar que mereço mais e melhor e tenho de fazer por isso...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:57



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D